05abr

10 dicas de amamentação para os primeiros dias

1)      Use várias almofadas e travesseiros para dar apoio às costas e braços. Use um banquinho para elevar seus pés e procure um lugar confortável. Não fique presa a uma poltrona, vá experimentando vários assentos e cômodos da casa, diferentes posições, até se sentir confortável.

2)      Dê suporte ao seio com os dedos em “C”, por baixo da mama. Não aperte o seio próximo ao mamilo, com as mãos em “tesoura”, pois isso atrapalha o fluxo de leite. Se a mama estiver muito pesada, você pode usar uma fralda enrolada por baixo, para elevá-lo e dar suporte.

3)      O nariz do bebê deve estar na altura do mamilo.

4)      Faça uma “pinça” apertando toda a aréola e vá encostando seu mamilo na boca do bebê, até que ele faça uma boa abertura. Só então você traz o bebê para perto de si e solta toda a aréola dentro da sua boca. Dê apoio à cabeça do bebê com suas mãos.

5)      Depois que o bebê já estiver sugando, tente ver se os lábios estão virados para fora (peixinho), e não amassados para dentro. Com seu dedo, você pode forçar levemente a abertura empurrando o queixo para baixo. O lábio superior por sua vez, deve quase tocar o nariz do bebê.

6)      Mantenha o bebê bem próximo ao seio, o nariz e queixo devem tocar a mama. Não se preocupe, pois o bebê consegue respirar mesmo com o narizinho afundado na mama.

7)      O bebê precisa fazer pelo menos de 8 a 10 mamadas num período de 24 horas. Durante o dia, acorde-o a cada 2 – 3 horas. Durante a noite, é possível deixá-lo fazer um estiro mais longo, de 4 a 5 horas. Ofereça o seio em livre demanda, sempre que o bebê aceitar.

8)      Comprima o seio pela base ao amamentar, para ajudar o fluxo de leite.

9)      Após a mamada, tire um pouquinho do leite e espalhe por toda a aréola, deixando secar ao ar livre.

10)   Nunca, jamais, em hipótese alguma, ofereça o seio muito cheio e duro ao bebê. Primeiro faça massagens, da aréola até as extremidades, e depois ordenhe um pouco do leite até sentir a aréola bem flexível. Só então ofereça o seio ao bebê.

 

Assine nossa newsletter!

Inscreva-se para receber novidades por email!

Compartilhe!

Comments

  1. Sabe, adorei as dicas, pois precisei de todas elas na época que amamentei minha filha, e em vários momentos. A gente não nasce sabendo como amamentar, mas a gente pode e consegue aprender a fazer isso sim, com apoio e orientação. E agora é minha vez de apoiar e incentivar outras mães para conseguirem o mesmo!!
    Escrevi no meu blog sobre essa experiência adorável, te convido para conhecer meu relato!!
    Beijocas.
    Aretusa

  2. Victorýa neves says:

    tenho 14 anos e adorei saber sobre o que fala sobre oque devemos fazer , apos a gravidez e antes , ‘ tenho u filho de 8 meses , e aprendi muito nesse site … ‘ muito obrigada e estou esperando outro filho , estou com 3 meses e espero que outras meninas da minha idade aprenda tudo que eu aprendi nesse site , muito obrigada , pois tudo na vida tem o seu aprendizado , beeijoookaas =DD

  3. pena q nao poderei ir, moro no Rio mas na noite aiorentr serei madrinha num casorio e Nina daminha entao imagine nossa canseira na manha d domingo.Mesmo nao amamentando ela ha quase 1 ano gostaria de participar.Desmamei minha bezerrinha aos 9 meses. E ate 5 meses e meio nem agua ela experimentou.Bjs bjs bjs

Trackbacks

  1. […] da saúde – Ministério da saúde; Posso amamentar; Baixe sua Cartilha Aleitamento […]

Speak Your Mind

*