01maio

Dia do trabalhador e a Mãe trabalhadora que amamenta

Em comemoração ao Dia do Trabalho e, levando em conta as frequentes dúvidas que habitam o coração das mamães que voltam a trabalhar –  principalmente quando esse retorno acontece antes do término do período da amamentação exclusiva –  resolvi postar aqui alguns textos que podem ajudar muitas pessoas.

 

Essa aqui é a Cartilha da Mãe Trabalhadora que Amamenta, uma cartilha elaborada pelo Ministério da Saúde contendo todo tipo de informação referente às leis que protegem a mãe durante o período da amamentação. Contém também algumas dicas para que você possa atravessar esse período turbulento da melhor maneira possível.

 

E aqui estão dois textos que podem ser interessantes:

A mãe que amamenta e trabalha fora

Explore ao máximo sua bomba tira-leite

 

Espero que vocês gostem!

 

 

Assine nossa newsletter!

Inscreva-se para receber novidades por email!

Compartilhe!

Comments

  1. Gabriela Novaes says:

    Tenho um bebê de 10 meses e ainda amamento bastante. A média é apenas 1 mamadeira de leite artificial e umas 5 mamadas no peito por dia. Duas mamadas bem caprichadas e outras mais rapidinhas… Usei bastante a bombinha quando ele mamava exclusivamente e eu precisava sair, levar meu filho mais velho ao médico etc. Acontece que consegui uma vaga para ele na creche em que trabalho e como tenho respaldo legal (dois intervalos de meia hora até ele completar 1 ano), consigo amamentá-lo com sucesso. O desafio maior é conciliar meu papel profissional com ele puxando minha blusa e eu carregando “o pacotinho” em horários diversos da rotina dos outros bebês…parece que eu tenho que dar satisfação às pessoas…pode ser coisa minha, mas parece que olham meio torto! O meu primeiro filho consegui amamentar até 18 meses e não houve diminuição do leite quando voltei a trabalhar. Passava mais de 9 horas longe dele e mesmo assim, tive muito leite e só parei de amamentar quando eu quis. Parabéns pelo trabalho de incentivo às mães trabalhadoras!

    • Gio, eu uso meu celular o tempo inireto qdo amamento tb. c9 a salvae7e3o, mas achei que eu era meio relapsa por isso. Ainda bem que ne3o sou a fanica que ne3o aguenta ficar sozinha e sem fazer nada na hora das mamadas

  2. Ne3o e9 a fanica mesmo! Eu tambe9m lia uns livros (escolhia os leves e peqneuos, para acomodar melhor) e, depois de um tempo, me liberei para assistir a filmes. Foi a salvae7e3o! Beijo e boas mamadas

Speak Your Mind

*