02mar

SMAM 2011 – Amamentação: uma experiência em 3D

 

A WABA (World Alliance for Breastfeeding Action) lançou um calendário comemorativo da Semana Mundial de Aleitamento Materno 2011, contendo informações valiosas sobre como desenvolver esse tema tão complexo e atual, sugerido para este ano. Abaixo, vocês encontram o texto traduzido para o português. O link para a página da SMAM está aqui e o calendário pode ser baixado aqui.

Por que 3D?

Quando falamos em apoio à amamentação, a tendência é pensar em 2 dimensões: tempo (da gravidez ao desmame) e lugar (a casa, comunidade, sistema de saúde, etc.). Mas nenhum desses tem muito impacto sem a TERCEIRA dimensão – comunicação!

A comunicação é parte essencial na proteção, promoção e apoio à amamentação.

O que podemos fazer para ter uma experiência 3D – Mexa-se e celebre!

1) Conecte-se com outros ativistas da amamentação por email ou blog, Facebook ou Twitter, e comece a planejar!

2) Entre em contato com comunicadores locais: professores, jornalistas, publicitários, estudantes, líderes comunitários – para ajudá-los a construir e compartilhar mensagens vitais e aumentar a conscientização.

3) Entre em contato com unidades de saúde locais e ajude-os a implementar estratégias de alcance para mulheres grávidas e lactantes ou cursos de treinamento para consultores em aleitamento e aconselhamento em amamentação.

4) Escreva para seu empregador e órgãos governamentais locais ou nacionais e peça patrocínio para um evento da SMAM e, caso necessário, alerte-os sobre a necessidade de prevenir conflitos de interesses evitando apoio ou qualquer forma de colaboração de indústrias ou representantes de produtos abrangidos pelo âmbito da legislação. (No caso brasileiro, da NBCAL).

5) Seja o anfitrião de um evento onde as pessoas podem compartilhar suas histórias com criatividade – uma exposição de arte em conjunto, um monólogo, uma competição de vídeos online, festival de filmes, feira alternativa de artesanato, fórum de discussão virtual, o céu é o limite!

6) Incentive o ensino da amamentação em escolas e universidades e a integração com organizações que já trabalhem com causas sociais para realçar a amamentação através de pontos de vista variados.

7) Fale com as pessoas à sua volta!

 

Que resultados queremos alcançar este ano?

– Estimular comunidades e unidades de saúde a usar novas tecnologias para atingir o maiore número de pessoas com informações sobre amamentação e alertá-los sobre os conflitos de interesse que surgem, quando entidades que obtêm lucro a partir da venda ou distribuição de produtos abrangidos pelo Código Internacional de Publicidade de substitutos do leite materno (no Brasil, NBCAL) promovem a amamentação.

– Aumentar o alcance do ativismo em prol da amamentação, envolvendo grupos que geralmente demonstram menor interesse (p. ex.: jovens, homens, ativistas de planejamento familiar).

– Desenvolver e melhorar a orientação de técnicas de comunicação em amamentação e treinamento de saúde e buscar participação ativa dos jovens.

– Através das redes, criar e ampliar canais de comunicação entre diferentes setores, para que a informação e feedback em amamentação possam ser acessados e intensificados.

– Encorajar especialistas em amamentação e comunicadores experientes a tornarem-se mentores de novos ativistas e recém chegados à nova era da comunicação, independente da faixa etária.

– Explorar, apoiar, reconhecer e implementar comunicações inovadoras com criatividade aproxima e proporciona um espaço para que as pessoas desenvolvam suas idéias.

 

Você está falando comigo?

Conexão, sinergia, colaboração, parceria: COMUNICAÇÃO. Estas palavras capturam a energia e o poder do desenvolvimento humano. Há vinte anos, no Centro Innocenti, um grupo de profissionais de saúde e líderes globais uniram forças para uma causa que vale a pena – o apoio, promoção e proteção da amamentação por todo o mundo. A Semana mundial da amamentação foi criada para comemorar a Declaração de Innocenti e, desde então, tornou-se um evento anual celebrado por milhares de pessoas em todo o mundo.

Atualmente, a internet nos traz a possibilidade de encontrar facilmente informação sobre qualquer coisa. Usamos as redes sociais para encontrar rapidamente amigos e familiares que moram longe. Em relação à amamentação, existe muita informação disponível através destes canais. Não há dúvida de que a amamentação fornece uma bagagem de saúde nutricional e preventiva para bebês e crianças, e é uma das práticas mais sustentáveis da terra. A amamentação também é importante para as mulheres – ajudando-as a perder peso após o parto, protegendo-as contra o câncer de mama e outras doenças, e adiando o retorno da menstruação e ovulação. No entanto, em muitos lugares do mundo ainda travamos uma batalha contra os baixos índices de amamentação exclusiva e continuada. Por que existe uma lacuna entre o que sabemos e o que está efetivamente acontecendo, e o que podemos fazer a respeito? Assim como os componentes do leite materno, que formam um complexo vital de nutrientes e células vivas, a interação renovada e animada entre as pessoas é vital para cultivar e apoiar as mães que amamentam! Estas interações fazem com que a mãe saiba que não está sozinha! Enquanto governos locais e nacionais respondem ao crescimento das disparidades no sistema de saúde e recessão econômica em suas comunidades, a amamentação se estabelece consistentemente como uma iniciativa sustentável, democrática e uma resposta de baixo custo a estas pressões. Campanhas tais como a SMAM, Healthy People 2020 nos EUA, One Million Campaign e outras políticas de saúde em muitos países, esclarecem às mães que é possível amamentar.

Com tantas formas de comunicação acessíveis pela ponta dos dedos, agora é o momento perfeito para compartilhar e empoderar. O desafio é encontrar mensagens criativas com as quais possamos nos identificar, envolvendo também espectadores não-tradicionais. Um público importante é a geração jovem. Jovens tem uma variedade de idéias, energia e entusiasmo e desempenham um importante papel na formação do futuro de suas comunidades. Uma mãe precisa sentir-se apoiada, mas este apoio precisa vir de fontes e setores múltiplos, com mensagens corretas e consistentes de todos os seus contatos.

O tema da SMAM 2011 nos lembra que amamentar é uma experiência 3D – uma oportunidade de ter um maior alcance, um investimento em um futuro saudável e, finalmente, uma lente ímpar através da qual vemos o mundo. Lembremos – para obter sucesso nesta campanha precisamos comunicar. Nós somos o mundo, e nós queremos saber porque amamentar é importante. Este ano estamos pedindo a cada um de vocês que amplie seus horizontes, através de todo e qualquer meio de comunicação ao qual tenha acesso, e compartilhe as mensagens necessárias para empoderar toda mulher e toda comunidade, para que tenham sucesso no ideal de amamentação.

Tradução livre de Bianca Balassiano Najm

Retirado de  World Breastfeeding Week Calendar 2011

 

Assine nossa newsletter!

Inscreva-se para receber novidades por email!

Compartilhe!

Comments

  1. Bel Meirelles says:

    Olá pessoal, sou enfermeira especializada e atuante na área de saúde pública, componho músicas educativas sobre saúde solidária com o movimento, envio trabalhos que faço relacionado ao tema para conhecerem.

    http://www.youtube.com/watch?v=sd566tyfWS4

    http://www.youtube.com/watch?v=pFR6_s90_bU

    Abraços
    Bel Meirelles
    Fone: 011 9469-3339

  2. Maria Felicidade Batista says:

    Olá gostaria muito que vc fizesse uma frase sobre o tema deste ano de aleitamento materno 2011 pra nós do Banco de Leite Humano de Mossoró, fico-lhe grata. Sou Coordenadora ok? abraços

Speak Your Mind

*